10/07/2012

Estas 10 empresas estão à procura de 298 profissionais de Marketing

Quem trabalha em Marketing diz que a crise afectou a oferta de emprego mas sublinha pormenores que adivinham um futuro positivo: como o facto de existirem empresas a procurar profissionais que o mercado ainda não tem, mas terá em pouco tempo. Mónica  Ferreira, executive manager na agência de comunicação MBC group, explica o que pode esperar quem procura um trabalho na área:

“A maior consequência da crise reflete-se na qualidade na oferta de empregos, mais do que na quantidade, apesar de se registar uma ligeira quebra. Condições mais precárias, vínculos contratuais mais frágeis e menores regalias fazem parte do novo cenário com que se deparam os profissionais de Marketing” descreve.



“Longe vai o tempo em que a licenciatura era o passaporte para um promissor início de carreira. A seleção é cada vez mais dura para quem está agora a começar. Os níveis de exigência são cada vez maiores e apesar de haver, comparativamente há alguns anos atrás, um maior número de players no mercado, as exigências em termos de formação e especialização são cada vez maiores”.
Por outro lado, diz, “a progressão na carreira sofre igualmente alguma desaceleração, fruto dos planos de ajuste que as empresas se vêem obrigadas a fazer para sobreviver. Julgo que todos estamos conscientes desta realidade e que, de uma forma geral, os objetivos a este nível estão, temporariamente, com prioridade controlada”.
Ainda assim, há especializações em que a falta de emprego não é um problema maior. “A área do consumer marketing é tradicionalmente uma área com grande oferta de emprego e creio que esta seja uma tendência a manter-se nos próximos anos. As tendências apontam igualmente para o crescimento e consolidação da área de digital marketing, designadamente ao nível da formação, onde se revelam ainda alguns handicaps”.
Explicando melhor: “Depois do 'boom' das diversas vertentes do digital, há atualmente uma consciencialização da necessidade em apostar em ofertas de valor ao nível do ensino e formação, capacitando o mercado de profissionais qualificados e com competências técnicas de alto nível. Por outro lado, as empresas identificam claramente a área do digital marketing como estratégica, nomeadamente ao nível do social marketing, e procuram especialistas que o mercado não tem (ainda) para oferecer. Duas tendências que claramente se cruzam e que, a curto prazo, darão os seu frutos!”
E quem é formado nas escolas portuguesas, pode sonhar com uma carreira lá fora? Mónica Ferreira acredita que sim e diz que na área do Marketing, “Portugal está claramente capacitado para fornecer ao Mundo matéria-prima de excelência!”. A quem começa agora a entrar neste mercado de trabalho aconselha persistência e ânimo. “Iniciar a carreira em plena “tempestade” só poderá ser prenúncio de uma 'bonança' mais do que merecida”, resume.
Sendo uma área com bastante rotatividade de profissionais, as vagas de emprego em grandes empresas não são assim tão raras. Estas são algumas das ofertas disponíveis hoje em empresas portuguesas e estrangeiras.

1. Redcats 28
A Redcats, francesa especializada em comércio electrónico (detentora da La Redoute) tem 28 vagas de emprego nos departamentos de Marketing.  A maioria (16) são para especializados em Web Marketing. Existem vagas na sede, em França, na Suíça, na Suécia e uma oportunidade de estágio em Barcelona.  Para ver todas as ofertas consulte 

2. Amazon 79
A gigante do comércio electrónico tem grandes parte das suas vagas de emprego no departamento de Marketing. Conforme o perfil pretendido, pedem experiência em diferentes áreas: livros, electrodomésticos, produtos de beleza etc. Há muitos lugares nos Estados Unidos e algumas para equipas europeias: Luxemburgo, Munique, Paris, Milão etc. Para pesquisar estas vagas utilize este motor de busca

3. Vodafone Global 5
A Vodafone tem cinco anúncios de recrutamentos para postos no departamento de Marketing em Londres (há também uma vaga em Dusseldorf). Um dos processos em aberto diz respeito à Vodafone Global Enterprise, um serviço de apoio a empresas que mais tem crescido (criou 1500 postos de trabalho em cinco anos) e que hoje recruta mais ativamente. Há vagas para várias posições dentro do Marketing (gestores de campanhas, de produto etc.). Para consultar todas as vagas utilize este motor de busca

4. Sonae 2
O grupo português Sonae tem listadas duas vagas de emprego para técnicos de Marketing, um para a marca Sportzone outro, especializado em Marketing online para a marca Worten. Pode saber os requisitos de selecção e enviar candidatura aqui 

5. Bulgari 1
Se o que gostava mesmo era de poder trabalhar na gestão de marcas de luxo, a Bulgari pode ter a sua oportunidade. A marca italiana procura um especialista experiente em visual merchadising para juntar-se à equipa de marketing em Roma. O inglês é obrigatório, o francês preferencial. Pode candidatar-se aqui 

6. Toys’r’Us 7
Uma das marcas mais importantes no mercado dos brinquedos em todo o mundo, a Toy’r’Us, tem sete vagas no departamento de Marketing. Para ocupar lugares na sede em Wayne, New Jersey, EUA. Para saber o requisitos para cada uma das posições consulte a lista de anúncios aqui

7. Mango 2 
A espanhola Mango tem duas vagas disponíveis no departamento de Marketing do país vizinho, uma delas corresponde a um estágio para quem queira iniciar carreira. Para além da formação na área pedem elevado domínio de Inglês. Para saber mais sobre esta vagas consulte esta página 

8. Procter and Gamble 21
A Procter and Gamble, que gere algumas das marcas mais conhecidas do mundo tem 21 vagas de emprego para departamentos de Marketing em Itália e na Holanda, e em países fora do espaço europeu como o Dubai, Egipto, Azerbeijão e Marrocos. As oportunidades vão desde estágios a cargos de chefia. Para ver nesta página

9. Nestlé 35 
O site de empregos na Nestlé mostra 35 vagas em equipas de Marketing um pouco por todo o mundo. Precisam de gestores de marcas, especialistas em marketing nas redes sociais e assistentes para algumas das marcas mais conhecidas do mundo. A experiência no ramo é quase sempre necessária, mas também há lugares para posições junior (2/3 anos de experiência) em vários países europeus. Para ver se encaixa em algum dos perfis pretendidos consulte.

10. L’Oreal 116
O grupo L’Oreal tem mais de mil ofertas de emprego ativas no site de recrutamento. Destas, 116 são para departamentos de Marketing. Entre as últimas 10 ofertas estão 3 anúncios em português para gestores de produto no Brasil. Para consultar condições de acesso consulte esta página.

Fonte: dinheirovivo.pt